Postagens

Mostrando postagens de Agosto 28, 2011

Livro dos Milagres: update!

Imagino que estava devendo aos fãs mais assíduos deste blog uma atualização sobre o estado de O Livro dos Milagres, minha reportagem/ensaio sobre o que a ciência revela a respeito de "eventos" como a abertura do Mar Vermelho, as chagas de Padre Pio, a ressurreição da carne, etc. etc.
Pois bem: acabo de repassar à editora Vieira & Lent uma versão revisada, com notas bibliográficas. Montar as notas foi um trabalhão, mas acho que valeu a pena: compensa facilitar o trabalho de pesquisa do leitor mais entusiasmado.
Além disso, esclareci uma dívida da revisora sobre o reinado do papa Clemente VII, o papa que, na Idade Média, deu sua bênção ao Sudário de Turim. De fato, o papa Clemente VII "oficial" só viria a reinar no Renascimento -- o Clemente VII medieval foi um "antipapa", que reinou em Avignon, não em Roma. No Vaticano tinha um outro cara na mesma época, Urbano VI. 
A autoridade de Clemente foi reconhecida por vários países, incluindo Portugal, mas no …

Borges e a Mecânica Quântica

Imagem
Redijo estas maltraçadas do quarto de um hotel de qualidade duvidosa em Fortaleza, Capita do Ceará. A única cadeira do apartamento é tão baixa que, para alcançar o teclado do laptop, tenho de empilhar os dois travesseiros da cama sobre a almofada da sobrecitada.
Estou aqui a serviço da Unicamp, onde comecei a trabalhar há cerca de um mês, mas não reclamo: além de estar visitando o Nordeste (ainda que com uma conta de despesas que não pagaria o cadarço do pé esquerdo do Sarney, daí o hotel), a redação onde fico na universidade é muito próxima a uma livraria da Editora da Unicamp.
Onde, é claro, acabo deixando parte significativa do salário -- eles estão com uma promoção de poesia clássica fantástica, já comprei um livro de poemas eróticos greco-romanos, uma tradução do Orlando Furioso e uma da Ilíada -- incluindo o livro que dá título a esta postagem, Borges e a Mecânica Quântica, do físico argentino Alberto Rojo.
Definir o trabalho de Rojo para o leitor brasileiro é complicado. Chamá-…